quarta-feira, 31 de outubro de 2018

A propósito do Halloween - Sugestões de leitura

Hoje comemora-se o Halloween. Mas nem só de bruxas, fantasmas e doces vive este dia.
Na Biblioteca Escolar da Escola Básica nº 2 da Moita existem alguns livros engraçados que têm a ver com o dia que se comemora hoje e que podem propocionar excelentes momentos de diversão.
Não se esqueçam! Ler é brincar e o livro pode ser o nosso melhor amigo!



A Bruxa Mimi e a varinha mágica
A Bruxa Mimi voltou a fazer das suas: com a pressa de lavar o vestido novo para o dia do Espetáculo de Magia das Bruxas, meteu a varinha mágica na máquina de lavar por engano! E agora a varinha não funciona. Como resolver o problema? 
Talvez o Rogério possa dar uma ajudinha.
Talvez...




A Bruxa Mimi no Inverno
A Bruxa Mimi e o seu gato Rogério estão fartos do Inverno.
O jardim está coberto de neve, a fonte congelou, das árvores pendem picos de gelo.
Então a Mimi lança um feitiço e transforma tudo em Verão.
Um grande erro...




A Mimi voa outra vez
A Mimi vai para todo o lado de vassoura. No céu, não há semáforos nem engarrafamentos. Mas, de repente, ela começa a chocar com muitas coisas: helicópteros, asas-deltas, edifícios muito altos.
Por isso, a Mimi resolve usar a sua varinha mágica e transformar a vassoura em todo o tipo de coisas estranhas e maravilhosas. E é então que começam os sarilhos a sério...


A Bruxa Esbrenhuxa

Numa ida ao cabeleireiro com o seu gato Fagotes, a Bruxa Esbrenhuxa fica a saber que o Rei vai organizar um baile em honra do príncipe Lindo, que tem andado muito triste. As duas princesas mais velhas também vão arranjar o cabelo e logo armam grande discussão, pois querem ambas casar-se com o príncipe... Só falta aparecer a princesa mais nova. Irá a Bruxa Esbrenhuxa ajudar alguma das princesas com a sua magia?



A Bruxa Zanaga


Quando a Bruxa Zanaga passa finalmente no exame final, o Rei pede-lhe que arranje um príncipe para se casar com a sua filha, a princesa Toleirona. A Bruxa Zanaga logo se apressa a satisfazer o pedido do Rei, transformando um burro que por ali andava a pastar num belo Príncipe... Mas será que isto de um burro no lugar de um príncipe vai dar certo?


Carlota Barbosa, a bruxa medrosa

Era uma vez uma bruxa, mas não pensem que era uma bruxa como as outras. Nada disso. Ao contrário do que é costume, a Carlota Barbosa tem medo de tudo e por isso, em vez de assustar, é ela que se assusta. E assusta-se por tudo e por nada: treme quando vê um sapo; o escuro deixa-a com os nervos em franja. Se encontra uma aranha, dá logo um salto até ao tecto. E quando voa no céu a alta velocidade, cai da vassoura abaixo se um mocho lhe cruza os ares. Mas a Carlota tem um grande amigo, um companheiro inseparável: é o Espinosa, o seu gato de estimação. Graças a ele, a Carlota torna-se uma bruxa verdadeira e corajosa. E assim perde a sua alcunha... Medrosa!


Halloween, que grande medufa!

Stilton vai festejar o Halloween, ainda que obrigado… «Eu conheço a Tenebrosa Tenebrax, uma ratita fascinante que mora num cemitério e anda por aí num carro funerário… e sou obrigado a participar numa festa de Halloween com um programa… de arrepiar! 
Neste livro, vais encontrar também todos os segredos para organizares a tua festa de Halloween!»


Uma aventura na noite das bruxas

Esta aventura começa no Café Mistério, espaço estranhíssimo situado na rua principal da pequena aldeia onde as gémeas, o Pedro, o Chico e o João, mais os seus famosos cães Faial e Caracol, julgavam que iam passar um fim-de-semana pacato. Mas afinal depararam-se imediatamente com uma série de enigmas encadeados. Ao tentar decifrar um, surgia logo outro! A certeza de que naquela aldeia havia segredos ocultos reforçou-se mal transpuseram os muros da velha «Casa da Coruja». Marcas intrigantes, sinos repicando a meio da noite sem ninguém lhes tocar, figuras na parede que pareciam conter mensagens em código... Só mesmo um grupo com muita imaginação se arriscaria a fazer certas experiências, pois ninguém sabia ao certo aonde poderiam ir parar!






Uma aventura na casa assombrada

Que campo de férias sensacional! E depois uns dias na casa da família da Filipa.Mas passam-se coisas tão estranhas... A casa estará mesmo assombrada? 





O  fantasma das cuecas rotas

Era uma vez uma vez um fantasma que morava num grande casarão e que vivia muito triste, pois todos lhe chamavam o Fantasma das Cuecas Rotas. Só porque um dia tivera um azar ao descer o corrimão das escadas...
Mas o nosso amigo fantasma decide dar uma reviravolta a esta situação e decide ir a uma festa de fantasmas na sua antiga casa. O que irá acontecer?

Sem comentários:

Enviar um comentário